domingo, 30 de abril de 2017

Samambaias de grandes folhas


"Entre os dias 14 e 18 o tempo mostrou-se calamitoso; chegava a chover às vezes doze horas seguidas; não eram, porém, aguaceiros pesados, e sim uma chuva fina e constante, do tipo a que estamos acostumados na Inglaterra. Atracamos em vários pontos - o Pena para fazer os seus negócios e eu para andar pela mata à procura de pássaros e insetos. Num certo lugar deparei com um quadro muito pitoresco: do alto da encosta do barranco coberto de mata fluía um regato através de uma estreita ravina, o qual se despejava lá de cima numa série de pequenas cascatas que iam terminar no vasto rio lá embaixo e eram orladas por uma infinita variedade de lindas plantas. Bananeiras silvestres, curvavam-se sobre a água, e os troncos das árvores vizinhas mostravam-se cobertos de samambaias de grandes folhas, pertencentes ao gênero Lygodium. [...]". Henry Walter Bates (1825-1892). Um naturalista no rio Amazonas. 1979. p. 131.



Samambaias
Ilustração de Margaret Plus (1828-1901)




Nenhum comentário:

Postar um comentário